YAGI

São antenas compostas de um refletor (simples ou grade) um dipolo (simples ou dobrado) e diretores.
Utilização

Enlaces de grandes distâncias e baixas freqüências (VHF, UHF baixa).
Vantagens

peso, facilidade de transporte e montagem, baixa carga de vento.
Polarização

Vertical ou Horizontal.
Diagrama típico

Tipo “pincel”. O aumento da diretividade é obtido pelo aumento do número de elementos e, posteriormente, pelo agrupamento de várias antenas por um divisor de potências.
Ganhos típicos

Entre 6 e 25 dBi.
Freqüências típicas

Entre de 30 MHz e 2,4 GHz. As yagis de freqüências acima de 1,5 GHz necessitam o uso de radome, para proteção da água da chuva.
 

1/2